5 etapas de uma estratégia de tráfego pago para venda perpétua

5 etapas de uma estratégia de tráfego pago para venda perpétua

Vender seu produto em modo perpetuo tem muitas vantagens, e eu diria que a principal é vender todos os dias e ainda conseguir escalar seus resultados ao longo do tempo em que desenvolve melhor a estratégia.

Para ajudar seus estudos vamos entender como funcionam as 5 etapas do tráfego para venda no perpétuo

DESCOBERTA

Essa é a primeira fase onde precisamos atrair muitas pessoas, eu recomendo criar anúncios pensando em um potencial cliente (persona), mas não necessariamente uma venda, o que você precisa fazer aqui é atrair pessoas que se engajem, se relacionem e te conheçam. Essa etapa não inserimos vendas, o que fazemos é acelerar o processo de descoberta sobre você, basicamente é o que já fazemos seguindo uma estratégica orgânica (Método OGS).

Nessa fase precisamos criar anúncios e eu recomendo que de preferência sejam anúncios de vídeo e o foco será encontrar pessoas que assistem pelo menos 75% de algum vídeo para conduzi-los para uma outra campanha.

Tipos de vídeo: Explicações, oportunidades algo que chame atenção do seu público e gere “Engajamento”.

Público: Não te conhece

Objetivo: Encontrar pessoas que assistiram 75% do seu vídeo

RELACIONAMENTO

Nessa etapa vamos anunciar para pessoas da etapa de descoberta (pessoas que assistiram 75% de algum vídeo da etapa anterior), ainda vamos continuar criado relacionamento, então não se preocupe em colocar call to action aqui (lembre-se estamos acelerando um processo que já existe naturalmente dentro do nosso conteúdo), o objetivo aqui permanece em aquecer o relacionamento e continuar trabalhando a atenção dessa audiência que está sendo construida.

Como essa audiência está mais aquecida, vamos capturar apenas pessoas que consumiram 25% de algum vídeo de dentro da distribuição (é importante o conteúdo continuar sendo em vídeo).

Tipos de vídeo: Vídeos que gerem aquecimento, pode ser conteúdos mais profundos, explicações ou oportunidades.

Público: Já te conhece, porque assistiu algum conteúdo anterior.

Objetivo: Gerar conexão e aquecer o relacionamento

CONVERSÃO

Nessa etapa vamos anunciar para pessoas que saíram das etapas anteriores ou seja o público que assistiu 25% do conteúdo de relacionamento.

Público: Já te conhece

Tipos de vídeos: Venda, conteúdo com call to action ou chamadas para cursos grátis ou eventos

Objetivo: começar a tentar vender

REMARKETING

Na etapa de remarketing, vamos anunciar para pessoas que chegaram até a nossa página de vendas de alguma forma. Então se você na etapa anterior converteu para um curso gratuito por exemplo, o ideal é que no final do curso você chame as pessoas para sua página de vendas, se for evento online a mesma coisa.

Público: Aquecido, já te conhece e já visitou sua página, mas não comprou.

Tipos de conteúdo: Gerar lembrança, escassez e urgência

Objetivo: Vender

RECUPERAÇÃO

Essa etapa é muito importante, pois muitas pessoas tendem a chegar até a compra e logo depois desistem, aqui você precisa afinar todas as etapas que mostrem que um cliente deixou produto no carrinho, gerou boleto e não pagou, acessou o checkout e não finalizou e por ai vai. A própria Hotmart por exemplo possui algumas ferramentas que podem ajudar.

Esse processo é manual é não depende de anúncios, você pode utilizar emails, whatsapp e até ligações para ajudar o seu cliente finalizar a compra.

Essa é uma das estratégias que utilizo em conjunto com o meu método que consiste em gerar conteúdos que atraem pessoas e vendem, se você quer conhecer o método por completo e participar de aulas gravadas, mentorias ao vivo e suporte no Telegram clique aqui e conheça o curso completo.

Qual o momento de largar o emprego para empreender?

Qual o momento de largar o emprego para empreender?

Você sente que devia largar o seu emprego para empreender, mas ainda não teve coragem?

Nesse artigo eu vou te contar como foi que fiz isso e como você pode fazer.

Em 2012 eu trabalhava em um grande banco, lá comecei como telemarketing, depois passei pelo atendimento ao cliente, na parte administrativa e também na jurídica, depois de alguns anos na empresa até cheguei ser promovido e estava inclusive supervisionando uma pequena equipe, para muitos essa seria a prova de que um dia eu poderia ser chefe e ter um bom salário. Mas eu não estava feliz, meu pai trabalhou no banco por muitos anos e esse foi o motivo que me fez seguir a mesma profissão dele, mas eu sabia o quanto a vida dele não tinha sido fácil e o quanto este emprego restringia nossa família.

Sempre gostei muito de ouvir podcasts e vídeos no Youtube, enquanto eu ouvia sempre me imaginava vivendo a liberdade que esses empreendedores digitais viviam, me imaginava viajando e trabalhando de qualquer lugar apenas com um notebook, mas tinha medo de largar tudo e começar a empreender.

Até que em um dia comum eu estava fazendo o relatório de performance da minha equipe e me deu um grande estalo, saia do banco! Eu sempre fui uma pessoa muito sistemática e dificilmente eu tomaria uma atitude como essa, mas nesse dia a voz dentro de mim falou mais alto, foi como se minha vida fosse um copo d’agua que acabara de transbordar. Nesse momento levantei e fui em direção ao RH formalizar minha demissão, todos ficaram espantados e ninguém sabia porque eu havia tomado essa decisão, mas eu tomei!

No outro dia o calor do momento abaixou e eu me dei conta que precisava começar alguma coisa, por um breve momento me arrependi da decisão, mas não tinha mais como voltar atrás, eu sai paguei algumas contas e me sobraram apenas R$300,00 era tudo que eu tinha.

Em casa apenas com meu computador fiquei pensando em formas de ganhar dinheiro e o quanto eu precisaria disso para sobreviver, o estresse estava tão grande que resolvi sair e fazer uma caminhada, nessa caminhada encontrei uma garagem abandonada, resolvi bater e perguntar se o proprietário podia me alugar. Acredite consegui o aluguel por exatos R$300 e como precisava reformar ele me deixou o primeiro mês de graça.

Em resumo com apenas R$300 reais decidi começar uma revista que não deu certo como o tempo estava corrido, fiz alguns panfletos com a proposta de criar sites e artes gráficas, e no mesmo mês fechei meus primeiros R$4.000 estava tão contente que esse foi o motivo que me fez continuar e quando eu menos esperei meu faturamento chegou a ser R$8.000 eram 6 meses do meu salário!

Eu não tinha competência e não sabia fazer sites, nessa época era difícil encontrar algum curso gratuito ou barato sobre criação de sites, mas eu desbravei esse mundo acessando fóruns e vestindo a camisa mesmo sem saber comecei fechar clientes.

Esse momento da minha vida eu não tinha tantos compromissos, afinal era solteiro, não era pai e não tinha que pagar aluguel, talvez hoje eu pensaria em como fazer isso de uma forma mais conservadora e é justamente sobre esses dois perfis que quero conversar com você.

O Perfil aventureiro

Talvez você esteja vivendo o mesmo momento que eu ou esse seja exatamente o seu perfil e é normal, algumas pessoas não tem medo de arriscar e adoram se aventurar, então sair do emprego não é um grande problema.

O Perfil conservador

Esse perfil é exatamente o meu, alguém que tem medo de pedir demissão por não ter segurança, medo de ficar sem dinheiro, passar fome ou sei lá talvez de jogar fora uma grande oportunidade de segurança.

Já entendi meu perfil, mas como largar o emprego para empreender online?

Talvez você esteja se perguntando como largar o seu emprego para viver do que ama, e com base em tudo que apreendi nesses últimos anos você pode fazer isso aos poucos.

Decidi sair, mas tenho medo sou conservador

Se você é conservador como eu, comece preparando a sua vida para essa decisão, você pode fazer isso focando em quitar contas e juntar dinheiro, esse dinheiro pode ser equivalente a 12 meses do capital necessário para você sobreviver ou mais dependendo do seu perfil.

Se você é do tipo energético e aventureiro, mesmo que tenha coragem de sair sem nada no bolso como eu fiz, eu recomendo fortemente que quite suas contas e junte pelo menos 3 ou 6 meses de capital necessário para você sobreviver.

O caminho ideal para empreender online e deixar de ser CLT

O seu emprego CLT não pode ser o motivo que te afasta de empreender pelo contrário tem que ser o trampolim que irá te impulsionar até o empreendedorismo e suas vantagens.

Muita gente está trabalhando e assim como eu sonha em viver essa liberdade, mas usa como desculpa o fato de não ter tempo pois está trabalhando no momento, e esquece de ver o lado positivo disso.

Se você visualizar da forma que eu disse anteriormente, será muito mais fácil mudar a direção da sua vida, comece focando em quitar suas contas e juntar dinheiro enquanto isso você pode iniciar o seu negócio online de forma estratégica e validada.

Procure um nicho, crie uma estratégia de conteúdo e inicie seu projeto, foque algumas horas por dia não é necessário viver para isso, eu mesmo quando comecei o meu podcast investia apenas 3 horas na semana! Se eu consegui você consegue, depois disso eu fui escalando e me programando para ampliar minha dedicação, mas só quando o podcasts começou me trazer retorno financeiro.

Se você quer aprender como começar de forma estratégica mesmo enquanto está trabalhando de carteira assinada, meu método pode te ajudar a encurtar esse tempo que levaria para fazer tudo sozinho, no método OGS eu te ensino sair do zero até a validação e vendas do seu produto de forma digital.

Clique aqui e conheça o método OGS

Como Gravar vídeos para stories, igtv OU Fazer Lives profissionais Usando Webcam e obs

Como Gravar vídeos para stories, igtv OU Fazer Lives profissionais Usando Webcam e obs

Faça lives e conteúdos profissionais para seu IGTV e Stories do Instagram utilizando o OBS

Hoje vou te ensinar utilizar uma ferramenta poderosa para criar conteúdos profissionais no instagram, já pensou em fazer lives utilizando o OBS com efeitos especiais ou então gravar os conteúdos do seu IGTV sem perder tempo tendo que gravar pelo celular, descarregar etc?

Bom para isso vamos precisar de uma webcam de boa qualidade e é necessário ter instalado o OBS (Software de transmissão de Lives e capturas de tela gratuito).

Criando um perfil novo para o Instagram no OBS

Vamos criar um perfil novo em seu OBS porque assim você poderá trocar de forma rápida sempre que precisar, para isso clique Perfil – Novo e nomeie como quiser

Perfil – Novo – Coloque um nome para o Perfil, você poderá voltar aqui para retornar para o seu perfil anterior sempre que quiser.

Configurando o OBS para o formato 9:16 (Formato de Stories e Lives)

Agora clique em Configurações

Clique em Configurações

Na próxima tela vamos procurar por SAÍDA, para que nosso OBS faça uma gravação de boa qualidade e garantir que o formato será MP4 o mesmo aceito pelo INSTAGRAM, lembrando que se você for utilizar isso para Lives eu recomendo alterar também a taxa de Bits de vídeo para 4000 kbps se sua internet for estável para garantir uma boa qualidade na transmissão.

lembrando que se você for utilizar isso para Lives eu recomendo alterar também a taxa de Bits de vídeo para 4000 kbps se sua internet for estável para garantir uma boa qualidade na transmissão.

Agora clicamos em Aplicar e vamos navegar para a Aba Vídeo, nessa etapa vamos fazer a tela do OBS ficar no formato de um celular, então altere a Resolução de base e de saída para 1080×1920 lembre-se você precisa apagar e digitar esses valores, eles não são pré-definidos.

Lembre-se que você precisa apagar e digitar manualmente os valores 1080×1920, depois aplique e clique em ok

Agora seu OBS já está preparado para gravar no formato vertical o mesmo utilizado pelo Instagram, então vamos regular a sua webcam para ter uma qualidade melhor, para isso posicione sua webcam no formato vertical em um tripé como a foto

Logitech c920 pro, mas você pode utilizar qual preferir, só lembre-se de deixar ela assim de lado para melhorar a qualidade final.

Agora navegue até o seu OBS e clique em Fontes, no sinal de + e adicione um dispositivo de Captura, sua webcam deve aparecer na tela bem cortada como na imagem abaixo

A imagem deve ficar assim

Quando você inserir a sua imagem aproveite para garantir que sua webcam está em FULL HD

Deixe em 1920×1080 lembrando que sua webcam precisa aceitar essa configuração ela precisa ser full hd

Configurando a Webcam para lives do Instagram no OBS

Agora o próximo passo é clicar com o botão direito do Mouse sobre a sua webcam e ir em transformar e girar 90° faça isso duas ou três vezes até ela girar completamente:

Faça isso duas ou três vezes até sua webcam girar completamente e ficar como um celular na tela

Feito agora se você quiser gravar vídeos é só clicar em Iniciar gravação, mas lembre-se de verificar se o seu microfone está configurado, para isso é só observar se ele aparece no mixer da audio e se move quando você fala, se não aparecer clique na configuração do microfone e procure pelo seu.

add microfone no OBS
Depois inicie sua gravação, o arquivo deve ir para a pasta vídeos do seu pc

Fazendo uma live no Instagram utilizando o OBS e sua WEBCAM

Para isso antes é importante que você entenda que o Instagram não possui um recurso próprio pra isso, mas é possível mesmo assim realizar essa configuração, para isso vamos utilizar o site chamado Yellow Duck TV baixe a versão para seu sistema operacional

Faça o login com as credenciais do seu Instagram

Ele vai te liberar as chaves como nessa tela:

copie as chaves e cole no obs, configuração/ transmissão/Personalizado

Agora navegue em configurações no OBS Transmissão, mude o serviço para personalizado e vamos colar as chaves do Duck no OBS o RTMP vai em servidor e o Stream Key em Chave de transmissão, depois aplique e saia

RTMP vai em servidor e o Stream Key em Chave de transmissão, depois aplique e saia

O próximo passo é clicar em Iniciar transmissão no OBS e depois sua transmissão deverá começar automaticamente no instagram

transmitir obs

É isso, se esse conteúdo te ajudou me ajude compartilhar para que mais pessoas possam chegar aqui.

Como Gerar Milhares de Acessos em seu Blog

Como Gerar Milhares de Acessos em seu Blog

Hoje eu vou te mostrar como é possível criar um blog de sucesso e ter milhares de acessos todos os dias

Recentemente eu gravei um podcast falando sobre o tema, mas sei que muitas pessoas preferem ler então eu decidi escrever esse artigo para te ensinar o caminho mais curto para você planejar o conteúdo do seu blog para definitivamente gerar tráfego orgânico e começar a receber visitas.

Se você quiser ouvir o podcast enquanto lê esse artigo, é só dar o play aqui:

Entenda como o Google Funciona antes de criar seu blog

Esse é com certeza o primeiro passo para você iniciar um blog e ter resultados com ele, o Google é um buscador e as pessoas utilizam a ferramenta para buscar coisas, então a melhor maneira para você criar seu blog é produzir um conteúdo que irá responder as perguntas do seu público, se você pensou assim não está errado, porém esse pode ser um caminho muito longo até o resultado, e eu sei que se você está aqui você quer um atalho para ter resultado com seu blog certo? E é justamente isso que vou te mostrar.

Como criar um planejamento do conteúdo do seu blog

Vídeo completo sobre “Como Gerar Acessos em seu Blog”

O planejamento é a fase mais importante para construir um blog e ter bastante acessos, e para fazer isso você basicamente precisa:

Listar quais são as dores do seu público-alvo

Eu já falei bastante sobre público-alvo e persona aqui no blog, no podcast e no Youtube. Inclusive recomendo que se você tem dúvidas sobre isso assista esse vídeo antes de continuar

Vídeo onde ensino você identificar o público-alvo e a persona do seu negócio

Todas as pessoas possuem dores, sonhos e medos e é justamente isso que você precisa identificar. Vamos a um exemplo, digamos que meu nicho é sobre “Como Ganhar Dinheiro na Internet” logo uma dor muito clara desse público seria: “Não conseguir ganhar dinheiro na internet”, “Estar sendo bombardeado por conteúdos que não ensinam como ganhar dinheiro na internet” e uma pergunta que esse tipo de usuário vai fazer para o Google nas buscas ou até mesmo no Youtube pode ser: “Como ganhar dinheiro pela internet” ou “Como trabalhar pela internet”.

E claro que além dessas perguntas esse público terá muitas outras, e por isso é muito importante que você entenda quem é sua persona, quanto mais você alinhar o seu conteúdo sobre isso melhor será o seu resultado, por tanto a sua tarefa nessa fase da criação do seu blog é: Listar todas as perguntas que sua persona pode fazer.

Descobrir a quantidade de acessos de cada palavra-chave

Agora você precisa descobrir a quantidade de acessos que cada pergunta, dor, dor, ou sonho que você listou possui no Google para saber onde focar a produção do seu conteúdo, para isso você pode utilizar duas ferramentas o “Gerenciador de Palavras-chave do Google” ou o “Ubersuggest“.

O Ubersuggest é uma ferramenta free, mas só pode ser utilizada três vezes por dia, para utilizar basta acessar o site inserir sua palavra chave no campo de buscas e depois selecionar o idioma, veja um exemplo:

Usando o Ubersuggest no blog

Observe que eu coloquei a palavra-chave nesse caso “Como ganhar dinheiro pela internet” e ele me trouxe a quantidade de pessoas que buscam por isso todos os meses, no caso foi 14.800 esse é o volume de buscas mensais.

Usando o Ubersuggest no blog

Nessa próxima tela observe que ele me traz outras variações da mesma palavra-chave e mostra a quantidade de buscas de cada uma, e olha o que eu acabei de descobrir que o termo “Como ganhar dinheiro na internet” tem muito mais acessos do que “como ganhar dinheiro PELA internet” e é exatamente isso que eu preciso, logo vou anotar o termo em que eu realmente preciso ranquear para ter um melhor resultado pois é a forma como a maioria das pessoas do meu público-alvo está escrevendo no google.

Usando o Ubersuggest no blog

O Ubersuggest também irá fornecer a url de alguns conteúdos que estão ranqueando nessa palavra chave, e você pode acessar para conferir as semelhanças entre cada um e entender o motivo pelo qual o Google está dando autoridade nessa palavra-chave para cada um desses artigos.

Você também pode fazer essa mesma pesquisa utilizando o Gerenciador de Palavra-chave do Google Ads. Mas para isso é necessário criar uma conta no Google Ads, e gerar um boleto, mesmo que você não efetue o pagamento para conseguir liberar as ferramentas de anunciante do Google, depois de fazer isso navegue na aba ferramentas do seu Google Ads e procure por Gerenciador de Palavra-chave ou clique aqui

No gerenciador de Palavra-chave clique em Ver volume de pesquisas e previsões, coloque a palavra chave que você quer descobrir a quantidade de acessos e clique em COMEÇAR

Usando o Gerenciador de Palavra Chave do Google Ads

Observe que dessa vez eu utilizei a palavra-chave que vi que era mais forte “como ganhar dinheiro na internet” e o resultado foi surpreendente o Google me informou que ele imprime cerca de 380mil vezes nas buscas mensais resultados com esse termo, isso significa que se você ranquear um blog só falando sobre isso e conseguir se posicionar em todas as variações dessa palavra-chave seu blog já teria mais de 300 mil acessos mensais.

A sua tarefa nessa fase é justamente isso, listar as palavras e anotar a quantidade de acessos e claro focar nas que irão trazer uma maior quantidade de resultados pra você.

Produzir os conteúdos e focar em trabalhar bem o SEO de cada conteúdo

Agora que você entendeu isso o próximo passo é criar conteúdos que realmente possuam valor para seu cliente, e claro que estejam dentro das normas básicas de SEO para conseguir ranquear.

Eu indico que você abra os 5 primeiros resultados do Google para cada palavra-chave e veja a quantidade de palavras que cada um desses artigos utilizaram, depois de fazer isso você já terá o primeiro dado necessário para produzir um conteúdo que irá ranquear no Google, se o maior texto desses for de 600 palavras, então você deve produzir um com mais de 1200 palavras e assim segue.

Mas não adianta criar textos grandes para ranquear no Google, é necessário muito mais que isso, o próximo passo é solidificar a palavra-chave, sempre utilize ela na sua url exemplo seusite.com.br/como-ganhar-dinheiro-na-internet e claro ela deve aparecer no seu título H1 do seu site exemplo: COMO GANHAR DINHEIRO NA INTERNET GUIA COMPLETO

Além disso outras dicas importantes de SEO são:

sempre utilize a palavra chave no início dos parágrafos,

produz textos com parágrafos curtos e objetivos,

crie mais conteúdos sobre o assunto em seu blog e link os conteúdos dentro do texto,

Tome cuidado para não ficar repetindo a palavra-chave desnecessariamente, não escreva para o Google, escreva para seu cliente, ninguém vai ler um texto que não faz sentido, SEO é muito mais que tráfego é necessário produzir conteúdo de valor,

Utilize ALT nas imagens que usar em seu post, ou seja descrição com a palavra-chave e título da imagem com a palavra-chave,

Tudo isso que falei sobre SEO é o básico do básico necessário para produzir um texto que tenha potencial de ranquear no Google, se você quiser ir muito mais longe você pode ler alguns livros sobre o assunto ou estudar e pesquisar mais sobre o tema.

Seguem alguns livros que eu já li e indico sobre SEO

  • A cauda longa – Esse livro não é muito barato, mas definitivamente é um dos melhores livros sobre SEO
  • A Arte do SEO – Esse livro também não está entre os mais baratos, mas está entre os mais completos sobre SEO que você irá encontrar

E se eu não tiver tempo para fazer tudo isso?

A vida do empreendedor é muito corrida, se você leu esse artigo, entendeu os benefícios de posicionar o seu blog no Google, mas sabe que não daria conta de realizar todo esse planejamento ou até mesmo produzir os artigos e ter certeza que eles estão preparados para se posicionar no Google, você pode então contratar um funcionário para escrever os seus artigos ou quem sabe uma empresa especializada em textos para blog. Esse investimento não é caro principalmente perto do resultado que ele irá gerar para seu negócio, a copyweb tem planos de produção de conteúdo a partir de R$49,00 reais é um investimento que irá se pagar com certeza, e sai mais barato até do que manter um funcionário em sua empresa.

Conclusão

Como você deve ter percebido é muito mais fácil produzir um conteúdo quando você já tem um guia para isso. Lendo esse artigo podemos concluir que para você criar um blog de sucesso e ter resultados com ele você precisa: Entender a dor do seu público, Descobrir como eles procuram por essas dores nos buscadores, Criar um mapa com a quantidade de acessos que cada palavra-chave buscada possuí e por fim escrever um conteúdo bem estruturado melhor que de seus concorrentes aplicando o básico de SEO pelo menos.

12 Dicas para você vender muito mais pela internet usando copywriting

12 Dicas para você vender muito mais pela internet usando copywriting

E o assunto de hoje é COPYWRITING, ou simplesmente copy na gíria dos marketeiros.  O que é isso Renan? “Copy” o quê? Haha brincadeiras a parte, vamos ao que interessa!

            Copywriting é o elixir da venda! Você que está iniciando no mundo do marketing digital, ofertando seu produto ou serviço e sua taxa de conversão em venda está baixa? Sente dificuldade em vender? Tenho a triste noticia, mas provavelmente você está pecando em seu copy!

            Podemos definir o Copywriting como “escrita persuasiva”, onde você irá trabalhar com a dor de seu futuro cliente ou se você já possui os seus brand lovers você deve conhecer bem os seus interesses. Mas não pense que é uma tarefa fácil.

            Raríssimas são as vezes que o seu cliente ou potencial cliente sabe a “dor” que ele tem, e “dor” podemos dizer, problema. E por óbvio que você busca resolver este problema através de seu produto ou serviço. Partindo disso, você terá que trabalhar em conjunto com gatilhos mentais. Até porque essa foi a grande sacada que revolucionou o mundo do marketing, com Edward Bernays.

            Edward Bernays era nada mais, nada menos do que sobrinho de Sigmund Freud, bom, aí vocês já sabem. Ele juntou o que existia de conhecimentos de marketing com os estudos de seu tio sobre o comportamento humano e boom, explosões de vendas e campanhas de sucesso! E É EXATAMENTE ISSO QUE DESEJO PARA VOCÊ!

            Sem mais delongas, retomemos. Outro detalhe importante de uma escrita persuasiva é que deve ser uma escrita simples! Isso mesmo!

Nesse momento você deve estar se perguntando, como que vou expor a dor da pessoa e oferecer a solução de forma simples? Abaixo você encontrará essa e mais outras dicas!

Copywriting
Como vender utilizando o Copywriting

Vamos as dicas:

Tamanho no Copywriting é documento!

Você sabia que um bom copywriting de uma carta de vendas, que fatura milhares de reais, geralmente é maior que a média. Tá Renan, e quanto seria esse “maior”? De 4 a 6 mil palavras.

 Em se tratando de vídeos, podem ser que durem em média de 45 minutos. Você deve ter em mente também, na hora que for escrever sua carta de vendas é que o tamanho também pode variar conforme o preço do que está sendo vendido. Quanto mais elevado o valor do produto, consequentemente a carta necessita ser ainda maior.

Menos é Mais!

Como assim menos é mais? Existe uma prática corriqueira ao criar anúncios, artigos, e mesmo cartas de vendas. Muitos costumam ter “15897456 dicas ultra master blaster para secar a barriga, para vender mais pela internet, etc.” A questão é, se existir apenas UMA coisa que você precisa fazer para vender mais pela internet, é exatamente essa que você irá prestar atenção. Porque menos é mais!

Crie Curiosidade Inextinguível em sua copy!

Palavrão feio né? Haha mas a ideia primordial aqui é essa ao produzir sua copy. Sua headline deve ter um único e simples objetivo, chamar atenção. E a maneira mais assertiva é que você crie no amago de quem esta lendo uma coisinha chamada curiosidade.

E como se cria curiosidade? Uma das formas é que você seja bem específico: “Os 12 Passos para  Atingir a Liberdade Financeira em 1 Semana” ou então usar em conjunto a dica anterior, “O Fator nº 1 Para Você Desfrutar da Liberdade Financeira”. Você pode contar histórias do tipo “Ele não Fazia Ideia Alguma do que Aconteceria ao Seguir Estes 12 passos”

Tenha em mente que você deve tirar seu leitor, seu cliente, do lugar comum.

Não vacile, mensure sempre!

Aposto que você tem um sonho, como todos na face da terra. Você quer virar a chave em sua vida e ajudar pessoas. Você deve acreditar e estar sempre otimista quanto aos seus resultados. Porém, você precisa ​medir​ seu sucesso. Em cada campanha realizada, cada e-mail enviado, inclusive temos um post falando sobre “O CANIVETE SUÍCO DOS PROFISSIONAIS DO MARKETING DIGITAL”, cada centavo investido deverá ser medido.

Nós estamos no mundo dos negócios. E o sucesso no mundo dos negócios, e em especial no meio digital, vai depender muito de você medir os seus resultados.

Por isso, conheça seus números!

Você se torna um Salva-Vidas!

A questão não é apenas o produto que você vende. Você tem que ter o seguinte mindset: você vende transformação, você transforma a vida dos seus clientes. Transformando a vida dele você estará salvando-o!

Salvando de que Renan? Salva dos martírios, salva das desordens, e abre um mundo mágico repleto de possibilidades e realização.

Não foque no dinheiro, pense em transformar vidas. Até porque transformando vidas, agregando valor, essa pessoa se tornará no seu melhor vendedor.

O Não como Resposta Você já tem!

Pode parecer meio bobo ou clichê, mas esse dito popular faz muito sentido. Somente você está se importando com o que vende. Seu potencial cliente NÃO quer comprar seu produto ou serviço. Ele NÃO está interessado em assistir seu vídeo.

Lembra do que falei sobre expor a dor e dar a solução? Você deve sempre se lembrar disso, você precisa instigá-lo. Tirá-lo da zona de conforto e do mundo comum.

De novo, crie curiosidade, conte histórias e foque na transformação. Não fale apenas do “próximo produto que ajudará vender mais na internet”. Fale do “Método Reptiliano que Vende Muito Mais pela Internet”

Lembre-se bem, você deve gerar interesse, desejo e ação!

A decisão não está nos fatos, eles são importantes, mas não vendem…

Você tem que entender o seguinte. você pode dar todas as razões lógicas explicando os motivos pelos quais o seu produto/serviço é o melhor, por exemplo, é um “método para vender mais pela internet” com 5 módulos. Aí a pessoa para quem você está ofertando pensa “E daí? Quem disse que dinheiro é o meu problema?” Seu cliente não quer estritamente vender mais.

Saiba que seu cliente é impelido a comprar porque com os fatos apresentados ele entende que aquele seu produto ou serviço pode ocasionar uma transformação na vida dele, como por exemplo se o seu cliente busca ter liberdade financeira para desfrutar de mais tempo ao lado da família, ou dar um futuro melhor e mais confortável aos filhos. Ou então quer ser desejado pelas pessoas na rua ou até que tenham inveja. Quer comprar uma Ferrari.

Lembre a intenção é transformar vidas. E a emoção é a “copy” de ordem!

Fuja do frio, deixe ele para os habitantes da Sibéria!

Não me faça copy fria! Não sabe o que é copy fria? É aquela copy sem sal, sem tempero. Diferente das ​copys​ emocionantes. Pense num filme, tipo aqueles de ação bem exagerados! Cada cena daquelas, o som dos tiros, explosões, a trama, na trama imagine aquele filme de um conhecido boxeador que apanha em todos os rounds, mas sempre vence no final haha eles se esbaldam na emoção.

Você precisa criar esse agito no âmago do seu potencial cliente. Até mesmo irritá-lo se for o caso. Porque é essa raiva instigada que muitas vezes faz seu cliente sair da zona de conforto e tomar ação.

            Um dos objetivos das ​copys​  de sucesso é agitar o psique humano!

Um bom copywriter é também um Forrest Gump!

As cartas de vendas que mais faturaram na história, tipo uma mixaria equivalente a mais de 1 Bilhão de dólares, contavam histórias. As cartas de vendas de sucesso contam boas histórias, por consequência, seu poder de venda é maior que as outras.

Pois as histórias tem a capacidade de ativar várias partes do cérebro. Envolvem, engajam e conectam com seu cliente. É esse envolvimento emocional​ que é responsável pelo aumento de vendas.

Termostato do copywriting

Esta dica está mais relacionada com a prática em si. Quando você desenvolve aquela copy magnífica, que irá dobrar suas vendas, possivelmente você irá ter sensações estranhas haha frio na barriga, pelos dos braços arrepiados, mãos suando, ou outros sintomas estranhos haha isso é normal, inclusive o medo, pois as cartas de vendas que mais faturaram, o copywriter diz ter sentido isso.

Mesmo que você fique em dúvida, teste-a. Então você saberá de verdade se está boa ou não. Aliás, teste é o que mais existe no Marketing.

Foco e Persistência  

Um dos segredos do sucesso é persistência. Acredito que virtualmente qualquer coisa pode ser vendida. Porém, normal de acontecer também é você travar. Por vezes as cartas ou a campanha de e-mail marketing não convertem em vendas, mas a palavra-chave é a persistência!

Lembro vocês para sempre manterem o foco também, nada de dispersões, aliás, o único lugar que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário!

Existem infinitas maneiras de contar histórias, mas muitas vezes as pessoas só conseguem pensar em uma

Como eu disse anteriormente nas outras dicas, sempre se lembre que transformamos vidas, contamos histórias e agitamos nosso cliente. Porém Isso só ocorre quando contamos boas histórias.

Se você quer vender mais pela internet, seja uma espécie de Forrest Gump.

E Renan, como faço para criar histórias?

É bem simples, a dica que eu dou é você desatar a escrever! Isso mesmo, pegue um objeto seu e escreva histórias sobre ele. No mínimo 10. Se você está inspirado, escreva mais. Então você começará, naturalmente, a distinguir as boas histórias das “mais ou menos”.

E se eu não tiver tempo para produzir textos para meu blog?

Não tem problema! Você sabia que pode investir em alguma empresa especializada em copywriting para fazer todo o trabalho difícil para você? A maior vantagem desse tipo de trabalho é que o conteúdo em texto que você gera, é um grande investimento a longo prazo, quanto mais você produz, mais lucro você tem e continua tendo. Eu indico a Copyweb pois é a única empresa de redatores online que você consegue encontrar planos baratos, de qualidade e sem contratos, lá você compra quantos textos quiser pelo tempo que quiser.

Facebook Ads ou Google Ads? Qual é o Melhor para mim?

Facebook Ads ou Google Ads? Qual é o Melhor para mim?

Facebook Ads ou Google Ads? Qual é o melhor para mim? Qual vai me fazer gerar mais vendas? Essa é uma ótima pergunta, pois se você está se fazendo já conhece a importância do tráfego pago para seu negócio.

Nesse artigo, eu vou te ajudar encontrar a melhor plataforma de anúncios para que você consiga ter melhores resultados, reduza seus gastos e entenda de uma vez por todas quando usar Google Ads e quando usar Facebook Ads e como combinar Facebook Ads com Google Ads.

Google Ads Quando Usar?

Antes de iniciar sua campanha no Google Ads, você precisa entender qual é o perfil dos usuários que utilizam o Google como seu buscador principal, ou seja como os usuários fazem uma busca no Google, veja um exemplo:

Usuário pesquisando no Google

Nesse exemplo eu pesquisei sobre, Jardineiro na Grande São Paulo, e os resultados foram direto ao ponto, o Google me listou alguns anunciantes que estavam utilizando essa palavra chave, e se nesse caso eu realmente fosse contratar um jardineiro certamente o próximo passo era abrir os dois sites e fazer um orçamento.

ATENÇÃO

Lembrando que algumas pessoas irão fechar o trabalho, não apenas pelo anúncio ou preço, mas pela qualidade do site, pela velocidade de carregamento, pela chamada de ação e pelas informações e fotos disponíveis. Por isso se você tem um site está anunciando no Google e não está tendo resultado, verifique isso.
Quer aprender criar o site do seu negócio com qualidade? Conheça o curso de criação de sites

Observe que o perfil do usuário no Google é um perfil de pessoas já preparadas para compra, pessoas que já sabem o que elas realmente querem, logo o Google Ads será melhor se você quer atingir esse público.

Vídeo completo sobre – Facebook Ads ou Google Ads.

Facebook Ads Quando Devo Usar?

Muitas pessoas acreditam que o Facebook é uma plataforma como o Google, onde você pode fazer anúncio de seu produto ou serviço diretamente e irá ter resultados, mas não é bem assim.

Primeiro você deve entender o perfil das pessoas utilizando o Facebook ou o Instagram, ninguém que usa essas redes sociais esta pesquisando sobre um produto, primeiro porque não tem como, segundo porque o Facebook e o Instagram são redes sociais, e uma rede social serve para você relaxar, conversar com os amigos, postar fotos do seu dia, mas eu não estou querendo dizer que fazer venda nessas plataformas é algo impossível, estou querendo dizer que a estratégia aqui não pode ser de venda direta.

Renan então como eu devo usar o Facebook para vender?

Você precisa jogar o jogo do Facebook, a ideia é conhecer o seu público alvo e sua persona e com base nisso você irá trabalhar com as pessoas que não estão ainda preparadas para compra, por falar nisso você sabia que apenas 7% das pessoas estão preparadas para comprar um produto? Esse dado é super importante pois ele nos ajuda entender o quanto nós precisamos preparar nossos clientes antes de então gerar uma venda.

Como preparar meu cliente para vender no Facebook Ads?

Essa preparação pode ser feita de muitas formas, tudo depende do quanto você realmente quer isso, quanto está dispostos a investir, quanto de conteúdo você cria sobre o seu negócio e o quanto você entende de Inbound Marketing.

Mas na prática um exemplo legal seria o seguinte: Digamos que você está tentando vender um serviço de aparelhos odontológicos, então você pode criar alguns vídeos no Facebook falando diretamente com sua persona, pessoas que possuem problemas nos dentes que um aparelho pode resolver, faça vídeos do tipo: Você sabia que sua dor de cabeça pode ser causada pelos seus dentes? Você sabia que o sorriso é o seu cartão de visitas? E por ai vai, percebe que quando eu faço isso eu estou disparando gatilhos em meus possíveis clientes, as pessoas que estão com dentes tortos, ou que sentem dor de cabeça todos os dias irão consumir esses conteúdos.

Ok Renan, e agora o que eu devo fazer? Uma vez que você está pegando desconhecidos apresentando o problema você está preparando esses usuários para uma tomada de decisão, ou seja está criando um funil dentro do Facebook. Agora você pode fazer remarketing para esses usuários, agora sim pode anunciar seu serviço apenas para quem consumiu esses vídeos.

Você conseguiu perceber a diferença? Criar uma campanha que vende no Facebook Ads é muito diferente de criar uma campanha que vende no Google Ads, porém as duas ferramentas podem ser aliadas.

Como utilizar o Google Ads e o Facebook Ads em uma campanha só?

Sim você não leu errado e existem muitas formas de se fazer isso e tudo irá depender da sua criatividade, mas eu vou exemplificar aqui utilizando uma forma bem básica, mas que funciona muito bem para vender.

Pense comigo, o Google é gerador de tráfego e está associado a fundo de funil, pessoas que estão decididas em comprar alguma coisa, e o Facebook ou Instagram são redes sociais onde esse cliente irá passar seu tempo.

Se você entendeu isso já deve ter imaginado, que nem todos que irão chegar até sua página de vendas irão comprar, então você pode criar campanhas no Facebook para continuar a sua venda por lá, por exemplo: Cliente que acessou e não comprou, cliente que deixou produto no carrinho e assim por diante.

Dessa maneira você continua o diálogo com quem realmente já está preparado para compra, o que irá fazer agora é estar sempre lembrando seu cliente que ele precisa do seu produto.

Eu espero que esse artigo tenha te ajudado, e se ele te ajudou eu te convido também a se inscrever em meu cana do Youtube pois lá eu posto vários vídeos sobre Marketing Digital do Zero e como Ganhar Dinheiro pela Internet.

Gravei um podcast também falando ainda mais sobre Facebook Ads e Google Ads, se você quiser continuar falando sobre esse assunto vem ouvir o podcast